Reserve Hotéis com preços exclusivos

Água Branca, estação de inverno do sertão

Viajar até Água Branca, de junho a agosto, é experimentar o sabor de inverno em pleno sertão alagoano. A neblina abraça a cidade com temperaturas de até 12 graus, mas o lugar é uma graça em qualquer estação. No centro urbano estão a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, a Igrejinha do Rosário, e um dos mais importantes cartões postais: o sobrado do Barão de Água Branca, Joaquim Antônio de Siqueira Torres. A dica é caminhar para respirar a beleza da arquitetura do século XIX.

Singela Capela

Logo na chegada da cidade de Água Branca, a singela capela Nossa Senhora do Rosário, inaugurada em 1770, pequena, nas cores azul e branca, continua linda.

Barroco

A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição foi construída pelo Barão de Água Branca, no século XVIII. Todo o altar tem decoração barroca e pelo templo espalham-se imagens de Jesus Crucificado e outros santos, esculpidas em madeira, com detalhes folheados a ouro.

Casa do Barão

O casarão de portas e janelas azuis é outro exemplar de arquitetura colonial, a residência do Barão de Água Branca.  No ano de 1922, o local recebeu a visita do Rei do Cangaço e o patrimônio pessoal da antiga dona do imóvel acabou “aliviado” de incontáveis joias e dinheiro.

Serra das Viúvas

No povoado Serra das Viúvas vive uma comunidade quilombola remanescente, com antiga casa de farinha, onde são produzidos beijus, tapioca e a própria farinha. As mulheres também são artesãs que trançam a palha de Ouricuri em cestos tradicionais, vendidos em dias de feira e no Engenho São Lourenço. Para visitar a Serra das Viúvas é preciso agendar previamente.

Sorvete de Rapadura

Quem nunca conheceu um engenho pode tirar algumas horas para visitar o de São Lourenço, com mais de 100 anos produzindo rapadura, alfenim, açúcar mascavo e orgânico. Mas é na cozinha do engenho que se fabrica o sorvete de rapadura, usando a própria rapadura ralada. Também prove os sorvetes de frutas do sertão.

Horizonte

O Mirante do Calvário, que fica a uma altitude de 730m acima do nível do mar, é imperdível, de lá se tem  a melhor vista panorâmica da região. No Mirante, além do horizonte, nos deparamos com culinária regional e licores de frutas e flores. Na Semana Santa, os fiéis sobem o morro para fazer suas preces. Nas serras de Água Branca têm outros destaques, como a Pedra do Amor, que merece ser visitada.