Reserve com preços exclusivos

Jequiá da Praia e Duas Barras

Naturalmente exuberante

O município de Jequiá da Praia, no litoral sul de Alagoas, é mais conhecido pelo complexo de Dunas de Marapé, no povoado de Jequiá. Por lá, praia, rio e restaurantes fazem a festa de turistas do Brasil e do mundo que buscam sol e natureza. Mas o destino tem muito a revelar, viu? A cereja do bolo desse refúgio paradisíaco está no banho de lama, na pesca de caranguejo e num passeio feito em um caminhão do exército. Se você achou pouco, ainda vai poder ver de perto o Rio Jequiá, onde pescadores jogam suas redes para capturar a carapeba, peixe nobre do Estado. As famílias da região vivem de todas essas práticas há muito tempo. Coisa passada de geração para geração. O circuito é feito numa área de preservação ambiental com direito a guias dando uma verdadeira aula sobre tradições alagoanas e respeito ao Meio Ambiente. Imperdível!

 Caetés

Toda a experiência de Jequiá é nos moldes da trilha batizada de Caetés. Trata-se de um convite para navegar de barco pelo mangue do Rio Jequiá, sentir a natureza bem de pertinho ao vivenciar a pesca de caranguejo que sustenta a comunidade e, porque não, participar de uma instigante guerra de lama? É o que geralmente acontece quando adultos e crianças têm a oportunidade de se lambuzar na lama dos manguezais. Experiência única!

Vida de caranguejo

Quando a embarcação joga a âncora no rio Jequiá, é dado início à trilha pelo mangue, que culmina com uma aula de pesca manual de caranguejo. Já pensou que faria isso algum dia na vida? Será mágico! E aqui vai um conselho: este caminho é para quem gosta de se aventurar pela lama. Então, vá de biquíni, maiô e sunga, nada de camiseta ou saída de praia, no máximo um boné, além da roupa de banho. Quanto menos roupa, menos peças para lavar depois, né? Se jogue na brincadeira!

Floresta do mangue

Na trilha, o caminho fica cada vez mais estreito, e com muita lama pela frente, afinal, é uma floresta de mangues com suas imensas raízes agarradas ao chão. No cenário, alguns caranguejos saem da toca, como o aratu, uma espécie de caranguejo pequeno, vermelho e muito bonitinho. O passeio é educativo e depois de fotografar e admirar os moluscos, quem quiser pode, literalmente, se pintar de lama.

Circuito Pau de Arara

No passeio com um “caminhão do exército”, o roteiro inclui visita às falésias da praia de Jacarecica do Sul, com direito a descer e, se a maré estiver baixa, recomenda-se tomar um banho de mar. Em seguida, o veículo circula até o centro de Jequiá, para fotografar a Igreja de Nossa Senhora do Pilar, com seu pequeno cruzeiro e oratório.

Pesca de carapeba

A vista da ponte da cidade de Jequiá é muito bonita e rara: a lagoa, as canoas, as redes e casinhas de apoio para a pesca artesanal da carapeba, peixe nobre das Alagoas. No final, o caminhão chega a um sítio para se tomar água de coco, banhar-se na lagoa e saborear a tradicional cocada de Dona Lúcia, que é dos deuses. Tudo muito singelo e grandioso ao mesmo tempo. Coisas de Alagoas e seus cantinhos.

Praia da Barra

O complexo de Dunas de Marapé fica distante 60 km de Maceió e é abraçado pela Praia da Barra. Trata-se da próxima parada obrigatória logo após a praia do Gunga. Mas, apesar da proximidade, os dois lugares não se assemelham. É que, enquanto o Gunga já foi abraçado pelos maceioenses, a Praia da Barra é basicamente visitada por turistas. Águas calmas, faixas de areias douradas e um misto de paisagens: mangue, arrecifes, coqueirais e dunas.