Reserve Hotéis com preços exclusivos

Piaçabuçu

Piaçabuçu é uma experiência única. Diferente. O município localizado ao Sul de Alagoas é banhado pelo Rio São Francisco e tira dele o seu sustento. Por lá, centenas de barquinhos coloridos ocupam o porto da cidade, formando uma espécie de plano de fundo definitivo do lugar.

Além de carregar o charme de ser a única palavra com duas cedilhas (ç) do dicionário brasileiro, Piaçabuçu também é lugar de história, contada pelos guias de turismo da região. Aliás, o turismo ali é feito a partir de receptivos que levam visitantes para conhecer a foz do São Francisco e as dunas móveis do lugar. Quem disse que é preciso sair do Estado e ir até os lençóis maranhenses?

Praia do Peba

Os 40 km de extensão das dunas são formados pelas praias do Peba e Pontal do Peba, que estendem-se até o Pontal da Barra. Da praia do Peba partem barcos para a pesca do camarão branquinho ou vila franca em alto mar, o mais saboroso de Alagoas. Já os crustáceos pequenos são defumados na praia, o maior banco de pesca de camarão do Estado.

Chão que move

Os grãos de areia dessas dunas são tão finos que o vento trata de modelá-los diariamente. Aqui está o caráter instantâneo da experiência. Ela vai ser pessoal a cada vez que você sentir no rosto a maresia do encontro do Velho Chico com o mar. A cada ida até Piaçabuçu os montantes de areia ocupam um lugar diferente no horizonte. São quilômetros e quilômetros de areia quente a se perder de vista. Um farol desativado é a cereja do bolo da paisagem, um dia ele já guiou pescadores, mas hoje está quase coberto pelas águas.

Doces e cocadas

Leve um protetor solar, água gelada e uns trocados. É que doceiras e cocadeiras ocupam a beira do rio com dezenas de iguarias dignas de experimentar. Prove a cocada de forno e volte para o barco com as sacolas cheias! É permitida a permanência de cada embarcação por apenas uma hora. As recomendações são do IBAMA, que monitora a área de proteção.