Reserve com preços exclusivos

7 dias

Em uma semana, dá pra explorar Alagoas do mar ao sertão! Aproveite!

Maceió / Rota Ecológica dos Milagres

1º dia – Maceió
Para aproveitar o dia, acorde cedo e aproveite as delícias da nossa terra servidas nos hotéis. Aproveite o momento para consultar a tábua da maré, e se as condições forem favoráveis, contrate uma jangada e conheça as piscinas naturais da Pajuçara. O passeio deve durar a manhã inteira e será incrível! Para o almoço, escolha um restaurante de culinária local e se entregue aos sabores. À noite, caminhar pela orla da cidade é uma dica relax e prazerosa. O dia pode acabar à beira-mar com você provando as melhores tapiocas do Nordeste.

2º dia – Pontal da Barra e city tour
Apenas 7 km te separam de um dos maiores núcleos de artesanato do Estado. À beira da lagoa Mundaú, o Pontal da Barra reúne vários dos belos trabalhos assinados por nossas rendeiras. Almoce por lá mesmo, à beira da lagoa Mundaú, e renove as energias para seguir a rota. Na volta à Maceió, passe pela Catedral Metropolitana e Palácio do Governo, pelos museus Pierre Chalita e Théo Brandão e pelo bairro histórico do Jaraguá. Pronto, você fez o city tour com os principais pontos da capital! Depois desse mergulho na história local, a dica é provar iguarias típicas ou internacionais. Para o jantar, a gama de culinárias é enorme. Há opções para todos os gostos: japonesa, tailandesa, africana, peruana…

3º dia – Riacho Doce/ Garça Torta
Agora que já conheceu o azul piscina do mar de Pajuçara, que tal se banhar nos refúgios de Maceió? As praias de Riacho Doce e Garça Torta ficam a 24 minutos da capital e possuem beach pubs descolados, como o Milk Beach Pub e Bar do Carlinhos. Drinks, comidinhas e sem restrição de público. Saia quando o sol se pôr e não se esqueça de visitar a Casa da Arte, na Garça! A noite promete ser agitada se você considerar um tour pelos bares e restaurantes da Av. Dr. Antônio Gomes de Barros (a antiga Amélia Rosa). Jante no Armazém Guimarães, faça um lanche no Black Beef ou Santo Burger e prove drinks no Pub Fábrica.

4º dia – Paripueira
A 30 km de Maceió, Paripueira possui piscinas naturais belíssimas.Na maré baixa, o passeio de catamarã é ideal para a família. Ainda no litoral Norte, a praia de Carro Quebrado é outro ponto crucial nessa trip. Apenas 10 km a mais de estrada e você se depara com um dos mirantes mais lindos do Estado. Falésias multicoloridas, 6 km de extensão de praia e um carro enferrujado encalhado na areia que é sinônimo de lendas urbanas. Separe o dia para se impressionar.

5º dia – Rota Ecológica dos Milagres
Malas prontas para o litoral norte? Então partiu Rota Ecológica dos Milagres! A 93 km da capital, as cidades de Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres e Passo de Camaragibe são um prato cheio para quem busca praias incríveis e o aconchego das pousadas de charme da região. Se acomode e faça uma tour pelas principais praias: Toque, Marcineiro e Lages são paradisíacas, praticamente desertas e de uma água cristalina surreal. Aproveite um pouco da tranquilidade!

6º dia – Rota Ecológica dos Milagres
Em Porto de Pedras, a Associação Peixe-boi faz um trabalho lindo que merece ser conhecido. Além de ordenar o turismo na região, a entidade atua na conscientização e preservação do peixe-boi, um dos mamíferos aquáticos em risco de extinção no país. A sugestão aqui é fazer um passeio pelo rio Tatuamunha e, de quebra, esbarrar com um gigante de águas doces e salgadas. Todo esse trabalho sustenta mais de 50 famílias da região. A trip é feita com guias e segurança! Termine o dia em algum dos points à beira-mar de Milagres!

7º dia – Rota Ecológica dos Milagres
A visita às piscinas naturais de São Miguel dos Milagres é uma delícia! A depender da maré, as jangadas te levam a um paraíso cercado de corais e muitos peixes, em águas mornas e calmas. Que tal comer uma lagosta ou um polvo delicioso ao som de um forrozinho tocado pelos próprios jangadeiros? À noite, jante em um dos restaurantes criativos das diversas pousadas, onde os chefs transformam peixes, camarões, lagostins e carnes em receitas elaboradas e saborosas.

Maceió / Velho Chico

1º dia – Maceió
Acorde cedo – de preferência, para apreciar com calma o ótimo café regional dos nossos hotéis. Enquanto isso, consulte a tábua da maré e, se estiver baixa, contrate uma jangada rumo às piscinas naturais da Pajuçara. Na hora do almoço, escolha um restaurante de culinária tipicamente alagoana. À noite, siga o coração dos alagoanos e caminhe pela orla mais bonita do Brasil (sentar e comer uma tapioca cai super bem). A avenida Dr. Antônio Gomes de Barros (a antiga Amélia Rosa) também é possível. Possibilidades infinitas para você comer, beber e se divertir.

2º dia – Pontal da Barra e city tour
Apenas 7 km te separam de um dos maiores núcleos de artesanato do Estado. À beira da lagoa Mundaú, o Pontal da Barra reúne vários dos belos trabalhos assinados por nossas rendeiras. Almoce por lá mesmo e renove as energias para seguir a rota. Na volta à Maceió, passe pela Catedral Metropolitana e Palácio do Governo, pelos museus Pierre Chalita e Théo Brandão e pelo bairro histórico do Jaraguá. Pronto, você fez o city tour com os principais pontos da capital! Depois desse mergulho na história local, a dica é provar iguarias típicas ou internacionais. Para o jantar, a gama de culinárias é enorme. Há opções para todos os gostos: japonesa, tailandesa, africana, peruana…

3º dia – Riacho Doce/ Garça Torta
Agora que já conheceu o azul piscina do mar de Pajuçara, que tal se banhar nos refúgios de Maceió? As praias de Riacho Doce e Garça Torta ficam a 24 minutos da capital e possuem beach pubs descolados, como o Milk Beach Pub e Bar do Carlinhos. Drinks, comidinhas e sem restrição de público. Saia quando o sol se pôr e não se esqueça de visitar a Casa da Arte, na Garça! A noite promete ser agitada se você considerar um tour pelos bares e restaurantes da Av. Dr. Antônio Gomes de Barros (a antiga Amélia Rosa). Jante no Armazém Guimarães, faça um lanche no Black Beef ou Santo Burger e prove drinks no Pub Fábrica.

4º dia – Velho Chico
Hora de conhecer um dos cartões postais do Nordeste! Saia cedinho de Maceió – Piranhas é tombada como Patrimônio Histórico Nacional pelo Iphan e não é para menos. Muito além de casinhas coloridas num cenário de tirar o fôlego (amém,Velho Chico!), o local exala histórias. Com uma infraestrutura voltada para o turismo, passar um dia inteiro pelas ruelas da cidade é tarefa fácil. Conheça o Centro de Artesanato, o Museu do Sertão, as igrejas Nossa Senhora da Saúde e Santo Antônio de Lisboa, ambas centenárias, e tome um banho de rio na prainha Altemar Dutra. Pela noite, o forró é garantido nos bares que movimentam a cidade.

5º dia – Velho Chico
Que tal percorrer o mesmo trecho que Virgulino e sua trupe de cangaceiros? A Rota do Cangaço possui cerca de 1,5 km e é feita sob o acompanhamento de guias que, caracterizados,contam histórias sobre o dia em que Lampião foi decapitado em uma emboscada. Vale começar a caminhada próximo ao meio-dia. Após a aventura, a dica é aproveitar as águas do Rio São Francisco no Cangaço Eco Parque. Pare chegar lá você faz um passeio de catamarã delicioso!

6º dia – Velho Chico
Conheça a Usina de Xingó! A construção fica entre Piranhas e Canindé do São Francisco. O passeio guiado engloba a parte externa e interna da usina. Você vai ficar impressionado com a construção e a presença e força da água. Dura mais ou menos 1h.

7º dia – Velho Chico
Em Piranhas não faltam locais interessantes para se apaixonar. Aproveite seu último dia na cidade histórica para visitar os mirantes Secular e da Igreja: cada um oferece um ângulo mais bonito que o outro. Fotografe tudo! A volta para Maceió pode ser feita à tarde. Encerre a noite em algum restaurante bacana da capital!

Maceió / Maragogi

1º dia – Maceió
É hora de dar bom dia à orla mais bonita do Brasil! Tome um café reforçado e curta um passeio matinal. Caso a maré esteja favorável, não dispense a visita às piscinas naturais da Pajuçara. Na hora do almoço, se renda aos pratos típicos da nossa região. À noite, que tal um tour na Feirinha do Artesanato? Recomendamos uma peça do bordado mais alagoano de todos, o filé.

2º dia – City Tour
Sugerimos um tour para apreciar a nossa cultura local e conhecer os variados estilos arquitetônicos, como a Catedral Metropolitana, o Palácio do Governo, os museus Pierre Chalita e Théo Brandão e o bairro histórico do Jaraguá. Confira nossa agenda cultural para não perder nada que acontece na cidade! Para o almoço, que tal um buffet de culinária sertaneja? Ah, e nada melhor como assistir o pôr do sol tomando um drink nos nossos beach clubs da orla, para recarregar as energias!

3º dia – Pontal da Barra
À beira da lagoa Mundaú, o Pontal da Barra reúne vários dos belos trabalhos assinados por nossas rendeiras. Almoce por lá mesmo e renove as energias para seguir a rota. Depois, que tal um sorvete de frutas típicas para contemplar o pôr do sol de nossa orla? À noite, a dica é provar iguarias típicas ou internacionais. Para o jantar, a gama de culinárias é enorme. Há opções para todos os gostos: japonesa, tailandesa, africana, peruana…

4º dia – Riacho Doce/ Garça Torta
Agora que já conheceu o azul piscina do mar de Pajuçara, que tal se banhar nos refúgios de Maceió? As praias de Riacho Doce e Garça Torta ficam a 24 minutos da capital e possuem beach pubs descolados, como o Milk Beach Pub e Bar do Carlinhos. Drinks, comidinhas e sem restrição de público. Saia quando o sol se pôr e não se esqueça de visitar a Casa da Arte, na Garça! A noite promete ser agitada se você considerar um tour pelos bares e restaurantes da Av. Dr. Antônio Gomes de Barros (a antiga Amélia Rosa). Jante no Armazém Guimarães, faça um lanche no Black Beef ou Santo Burger e prove drinks no Pub Fábrica.

5º dia – Maragogi
Tome um café reforçado, arrume a mochila e pé na estrada! Siga para Maragogi, destino de fama Internacional e conhecido como o Caribe Brasileiro. Prepare uma playlist animada para as 2h de estrada, com um visual apaixonante! Ao chegar lá, você vai entender o motivo da região conquistar os viajantes por suas belíssimas praias de areias brancas, mar calmo e praticamente transparente. Tire o dia para fazer um passeio de buggy pela região, com paradas para mergulho e muitas fotos.

6º dia – Maragogi
Fazer um tour pelas piscinas naturais é um dos programas mais divertidos e obrigatórios em Maragogi. O passeio às galés revela muita belezas em suas águas cristalinas e abriga uma grande quantidade de peixes, corais e animais marinhos, sendo melhor aproveitado no período de maré baixa. São 25 min de barco até chegar ao local. As fotos desse dia devem ficar memoráveis. Capriche!

7º dia – Maragogi
Encare a Trilha do Visgueiro, uma das 23 Rotas Oficiais da Copa do Mundo de 2014. A caminhada acontece em meio à Mata Atlântica e dura 4 horas. A experiência é repleta de sensações únicas. São casas de taipas, frutas da estação e pequenos banhos de água nascente durante o trajeto. Vai ficar na sua pele e memória! Separe a tarde para a experiência e curta o dia livre!

Maceió / Barra de São Miguel

1º dia – Maceió
Para aproveitar o dia, acorde cedo e aproveite as delícias da nossa terra servidas nos hotéis. Aproveite o momento para consultar a tábua da maré, e se as condições forem favoráveis, contrate uma jangada e conheça as piscinas naturais da Pajuçara. O passeio deve durar a manhã inteira e será incrível! Para o almoço, escolha um restaurante de culinária local e se entregue aos sabores. À noite, caminhar pela orla da cidade é uma dica relax e prazerosa. O dia pode acabar à beira-mar com você provando as melhores tapiocas do Nordeste!

2º dia – Pontal da Barra e city tour
Apenas 7 km te separam de um dos maiores núcleos de artesanato do Estado. À beira da lagoa Mundaú, o Pontal da Barra reúne vários dos belos trabalhos assinados por nossas rendeiras. Almoce por lá mesmo, à beira da lagoa Mundaú, e renove as energias para seguir a rota. Na volta à Maceió, passe pela Catedral Metropolitana e Palácio do Governo, pelos museus Pierre Chalita e Théo Brandão e pelo bairro histórico do Jaraguá. Pronto, você fez o city tour com os principais pontos da capital! Depois desse mergulho na história local, a dica é provar iguarias típicas ou internacionais. Para o jantar, a gama de culinárias é enorme. Há opções para todos os gostos: japonesa, tailandesa, africana, peruana…

3º dia – Riacho Doce/ Garça Torta
Agora que já conheceu o azul piscina do mar de Pajuçara, que tal se banhar nos refúgios de Maceió? As praias de Riacho Doce e Garça Torta ficam a 24 minutos da capital e possuem beach pubs descolados, como o Milk Beach Pub e Bar do Carlinhos. Drinks, comidinhas e sem restrição de público. Saia quando o sol se pôr e não se esqueça de visitar a Casa da Arte, na Garça! A noite promete ser agitada se você considerar um tour pelos bares e restaurantes da Av. Dr. Antônio Gomes de Barros (a antiga Amélia Rosa). Jante no Armazém Guimarães, faça um lanche no Black Beef ou Santo Burger e prove drinks no Pub Fábrica.

4º dia – Ipioca
Dia de explorar a praia de Ipioca, que fica a 20 km de Maceió. Rodeada por coqueiros, uma areia branquinha e um mar azul esverdeado, a praia é demais! É lá onde encontramos o Hibiscus, beach club com toda a infraestrutura para curtir um dia de sol, al mare e com uma gastronomia incrível. Gazebos, redes, piscina, sombra e água de coco te aguardam. Passe o dia por lá e finalize a noite em algum barzinho da capital. Veja nossa agenda cultural!

5º dia – Barra de São Miguel
Depois de um delicioso café da manhã no hotel em Maceió, é hora de preparar a mochila e partir para a Barra de São Miguel, a 38 quilômetros da capital. Ao chegar, as opções de diversão são muitas: banho no mar verdinho, passeio de jet ski ou um Stand Up Paddle. Por lá, vários locais para comer, beber e comprar o que precisar. A dica preciosa que damos é você conhecer a Vila Palateia, uma das maiores mariculturas do Brasil. O guia Charles, da Gato do Mato Expedições, te acompanha numa trip com degustação e tudo!

6º dia – Barra de São Miguel
Apesar de ser a caminho da Barra, indicamos que você tire um dia apenas para desbravar o Gunga, onde o mar se encontra com a Lagoa do Roteiro. Comece tirando fotos no famoso mirante e se impressione com o visual. Quando acessar o grande complexo turístico, você vai poder passear de buggy até as falésias coloridas! À noite, coma uma pizza no centrinho da região.

7º dia – Barra de São Miguel
Depois daquele café da manhã delicioso no hotel, indicamos relaxar no Praêro Beach Club, um dos points mais certeiros para curtir a Barra de São Miguel, com gazebos, sofás, pufes, redário, colchonetes e lounges. O cardápio atende a todos os gostos, com receitas deliciosas de frutos de mar, regionais e petiscos. Na carta de bebidas, cervejas, drinks exclusivos e champanhe para brindar ao mar. Na volta a Maceió, passe pela Massagueira, complexo gastronômico onde reinam os frutos do mar, e desfrute de um fim de tarde à beira da lagoa!

Maceió / Praia do Francês

1º dia – Maceió
Para aproveitar o dia, acorde cedo e aproveite as delícias da nossa terra servidas nos hotéis. Aproveite o momento para consultar a tábua da maré, e se as condições forem favoráveis, contrate uma jangada e conheça as piscinas naturais da Pajuçara. O passeio deve durar a manhã inteira e será incrível! Para o almoço, escolha um restaurante de culinária local e se entregue aos sabores. À noite, caminhar pela orla da cidade é uma dica relax e prazerosa. O dia pode acabar à beira-mar com você provando as melhores tapiocas do Nordeste.

2º dia – Pontal da Barra e city tour
Apenas 7 km te separam de um dos maiores núcleos de artesanato do Estado. À beira da lagoa Mundaú, o Pontal da Barra reúne vários dos belos trabalhos assinados por nossas rendeiras. Almoce por lá mesmo, à beira da lagoa Mundaú, e renove as energias para seguir a rota. Na volta à Maceió, passe pela Catedral Metropolitana e Palácio do Governo, pelos museus Pierre Chalita e Théo Brandão e pelo bairro histórico do Jaraguá. Pronto, você fez o city tour com os principais pontos da capital! Depois desse mergulho na história local, a dica é provar iguarias típicas ou internacionais. Para o jantar, a gama de culinárias é enorme. Há opções para todos os gostos: japonesa, tailandesa, africana, peruana…

3º dia – Riacho Doce/ Garça Torta
Agora que já conheceu o azul piscina do mar de Pajuçara, que tal se banhar nos refúgios de Maceió? As praias de Riacho Doce e Garça Torta ficam a 24 minutos da capital e possuem beach pubs descolados, como o Milk Beach Pub e Bar do Carlinhos. Drinks, comidinhas e sem restrição de público. Saia quando o sol se pôr e não se esqueça de visitar a Casa da Arte, na Garça! A noite promete ser agitada se você considerar um tour pelos bares e restaurantes da Av. Dr. Antônio Gomes de Barros (a antiga Amélia Rosa). Jante no Armazém Guimarães, faça um lanche no Black Beef ou Santo Burger e prove drinks no Pub Fábrica.

4º dia – Ipioca
Dia de explorar a praia de Ipioca, que fica a 20 km de Maceió. Rodeada por coqueiros, uma areia branquinha e um mar azul esverdeado, a praia é demais! É lá onde encontramos o Hibiscus, beach club com toda a infraestrutura para curtir um dia de sol, al mare e com uma gastronomia incrível. Gazebos, redes, piscina, sombra e água de coco te aguardam. Passe o dia por lá e finalize a noite em algum barzinho da capital. Veja nossa agenda cultural!

5º dia – Praia do Francês
Partiu praia do Francês? A 22 quilômetros de Maceió, ela é dona de uma badalação deliciosa, cercada por um cenário de cartão postal. É um dos points de surf mais queridinhos do Brasil! Vale aproveitar a manhã por lá e, depois de um mergulho nas águas calmas e morninhas, com muita água de coco e petiscos irresistíveis, dar um pulo no Lago Azul, que vai te proporcionar fotos lindas!

6º dia – Francês + Marechal Deodoro
Depois daquele café da manhã reforçado na Praia do Francês, sugerimos um city tour pelo centro histórico da cidade (visite a casa de Marechal!). A orla lagunar da cidade é bem naquele estilo pacato e tranquilo das cidades pequenas. Por lá, as lagoas Manguaba e Mundaú se encontram e o pôr do sol é uma sensação. O artesanato também é um forte da primeira capital do Estado. À noite, que tal uma pizza no Francês?

7º dia – Praia do Francês
Que tal um mergulho de despedida nas águas calmas e morninhas do Francês? De lá, de malas prontas, siga para a Massagueira, um dos maiores polos gastronômicos do Nordeste. Se é almoço com vista o que você procura, vale a visita. Na saída, não esqueça de comprar alguma sobremesa típica, como cocada, suspiro e quebra queixo das doceiras da região.